terça-feira, 27 de outubro de 2009

a vida é questão de fé

Mudanças. Sempre abalam um pouco as estruturas.

Simplesmente porque provocam inquietude, rompem a comodidade, subvertem a ordem conhecida e segura. Ainda quando se sabe que as mudanças serão pra melhor. Uma angústia misturada com um bocado de ansiedade remexe nas nossas entranhas. E a incerteza sobre o que virá, como será e como iremos nos sentir diante do novo, do desconhecido, afetam a tranqüilidade do nosso sono; e até sonhando esse sentir nos acompanha.

Mas o que seria de fato nossas vidas sem as mudanças? De dentro e de fora.

Um deserto árido, sempre a mesma paisagem. Tédio, estagnação.

Possivelmente entraríamos num processo de putrefação, como o alimento que esquecido no armário embolora, cria mofo e apodrece.

A vida exige movimento, dinamismo, renovação.

Então, quando a mudança surgir, qualquer que seja ela, apesar de tudo isso, permita-se um outro olhar. Dê uma chance ao novo. Aprenda e cresça com ele.

Apenas se dê ao direito de despedir-se do que se vai, viva esse luto, pequeno ou grande. Só haverá espaço se você deixar que o antigo fique por lá, no passado.

Leve na sua bagagem, tudo que aprendeu, o saldo positivo, a polpa suculenta e nutritiva da fruta.

A vida sempre segue em frente. Depende de nós acompanha-la ou não.

Gosto muito dessa frase do Jorge Vercilo : a vida é questão de fé.


E quando vejo,
a vida espera mais de mim
mais além, mais de mim
O eterno aprendizado é o próprio fim
Já nem sei se tem fim
De elástica, minha alma dá de si
Mais além, mais de mim
Cada ano a vida pede mais de mim
mais de nós, mais além


Um comentário:

Thaís disse...

Tia, faz algum tempo que não visito seu blog, mas agora que consegui um tempo para ler com calma seus textos fiquei encantada! Realmente esse dom com as palavras é genético, não é um simples acaso! =)
Te peço permissão para utilizar esse seu texto sobre mudanças aqui no Mural da Escola. Estamos passando por um período de pequenas mudanças por aqui, e acho que essa reflexão será muito boa pra minha equipe! Vou deixar seus créditos, e o endereço do blog. Pode ser?
Beijinhos, Thaís

"Coração mistura amores. Tudo cabe."